terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Miguel Relvas: "Um angolano, é um português em Portugal"

Candidato ao Guiness Book
O melhor criativo de 2012

"Um português é angolano em Angola e um angolano é um português em Portugal". - Miguel Relvas

No meu kimbo a malta ri-se destes "chicos espertos e pacóvios" que por lá aparecem.

Noites difíceis de um Presidente

Não esqueceremos as suas palavras.

Aníbaaaaal!

Onde anda o Aníbaaaaal?

Grande Reportagem: Um dia com um político


O Blog "Imprensa Falsa" acompanhou um político
durante um dia de "trabalho".
Qualquer coincidência é pura coincidência.

Cartoon Elias - 31 Janeiro 2012

Memória Histórica - 31 Janeiro 2012


DESCRIÇÃO: O dia, em 1891, da primeira revolta republicana em Portugal. Neste dia, mas em 1542, o espanhol Alvar Nunez Cabeza de Vaca chegou às Cataratas do Iguaçu, na actual fronteira entre o Brasil e a Argentina. Em 1946, a Jugoslávia, com Tito como líder, adoptou uma nova constituição. Nasceram Cardeal D. Henrique, Franz Schubert, Philip Glass, Justin Timberlake, Bruno Nogueira. Morreu Fernando Namora. Os Blondie de Debbie Harry chegaram ao nº 1 do top com este "The Tide is High".

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Invasão à Grécia e Portugal

(clicar imagem)
Segundo um documento que defende a ocupação de Atenas divulgado pelo “Financial Times”, o número dois do governo alemão Philipp Roesler, afirmou que a troco de um segundo programa da troika, um comissário europeu do orçamento seria investido de funções governativas em Atenas, retirando ao governo legítimo funções essenciais - “Precisamos de maior liderança e monitorização relativamente à implantação das reformas. Se os gregos não estão a ser capazes de conseguir isto, então terá de haver uma liderança mais forte vinda de fora, por exemplo, da União Europeia”. Para ter acesso ao segundo programa de resgate, a Grécia terá de ser obrigada “a transferir a soberania nacional para a União Europeia, em matéria de orçamento, durante algum tempo”.

Segundo a Reuters, esta tentativa alemã de governar Atenas pode ser estendida a outros países, como Portugal. Uma fonte do governo alemão disse à agência que esta proposta não se destina apenas à Grécia, mas a outros países da zona euro em dificuldades que recebem ajuda financeira e não são capazes de atingir os objectivos que acordaram.

O Governo grego ficou em estado de choque com a ameaça da próxima ocupação e de imediato o Ministro grego das Finanças pediu à Alemanha para não acordar fantasmas antigos – a Grécia esteve ocupada pelas tropas nazis durante a II Guerra. “Quem põe um povo perante o dilema de escolher entre assistência económica e dignidade nacional está a ignorar algumas lições básicas da História”, lembrando que “a integração europeia se baseia na paridade institucional dos estados-membros e no respeito da sua identidade nacional e dignidade. Este princípio fundamental aplica-se integralmente aos países que passam por períodos de crise e têm necessidade de assistência dos seus parceiros para o benefício de toda a Europa e zona euro em particular”.

Reacções do Governo português: Serão bem recebidos. Somos um povo sereno.

Cartoon Elias - 30 Janeiro 2012

Memória Histórica - 30 Janeiro 2012


DESCRIÇÃO: Dia do Domingo Sangrento, em 1972. Neste dia, em 1948, Mahatma Gandhi foi assassinado. Em 1969, os Beatles apresentaram-se pela última vez ao vivo antes de se separarem. Nasceram Olof Palme, Vanessa Redgrave, Phill Collins, Felipe de Bourbon. Neste dia, em 1971, foi lançado "Me and Bobby McGee" na versão de Janis Joplin. A cantora tinha morrido poucos meses antes.

domingo, 29 de janeiro de 2012

Memória Histórica - 29 Janeiro 2012


DESCRIÇÃO: Neste dia, em 1886, Karl Benz registou a patente do primeiro automóvel movido a gasolina. Em 1945 foi fundado o jornal "A Bola". Em 1845, o poema "O Corvo", de Edgar Allan Poe, foi publicado pela primeira vez. Em 2002 George W. Bush cunhou a expressão "eixo do mal" para referir os países que patrocinam o terrorismo internacional. Nasceram Anton Chekov, Oprah Winfrey, Michelle Brito e Simon Vucekic. Em 1983, a banda australiana Men at work conseguiu chegar ao nº 1 do top inglês com este "Down Under".

sábado, 28 de janeiro de 2012

Em Portugal roubar não é crime!

(clicar imagem)

NÃO, NÃO, NÃO SUBSCREVO, NÃO ASSINO



Não, não, não subscrevo, não assino

Que a pouco e pouco tudo volte ao de antes,
como se golpes, contra-golpes, intentonas
(ou inventonas – armadilhas postas
da esquerda prá direita ou desta para aquela)
não fossem mais que preparar caminho
a parlamentos e governos queiram secretamente
pôr ramos de cravos
e não de rosas fatimosas mas de cravos
na tumba do profeta em Santa Comba,
enquanto pra salvar-se a inconomia
os empresários (ai que lindo termo,
com tudo o que de teatro nele soa)
irão voltar testas de ferro do
capitalismo que se usou de Portugal
para mão-de-obra barata dentro ou fora.

Tiveram todos culpa no chegar-se a isto:
infantilmente doentes de esquerdismo
e como sempre lendo nas cartilhas
que escritas fedem doutras realidades,
incompetentes competiram em
forçar revoluções, tomar poderes e tudo
numa ânsia de cadeiras, microfones,
a terra do vizinho, a casa dos ausentes,
e em moer do povo a paciência e os olhos
num exibir-se de redondas mesas
em televisas barbas de falácia imensa.

E todos eram povo e em nome dele falavam,
ou escreviam intragáveis prosas
em que o calão barato e as ideias caras
se misturavam sem clareza alguma
(no fim das contas estilo Estado Novo
apenas traduzido num calão de insulto
ao gosto e á inteligência dos ouvintes-povo).

Prendeu-se gente a todos os pretextos,
conforme o vento, a raiva ou a denúncia,
ou simplesmente (ó manes de outro tempo)
o abocanhar patriótico dos tachos.

Paralisou-se a vida do país no engano
de que os trabalhadores não devem trabalhar
senão em agitar-se em demandar salários
a que tinham direito mas sem que
houvesse produção com que pagá-los.

Até que um dia, à beira de uma guerra
civil (palavra cómica pois quedo lume os militares
seriam quem tirava
para os civis a castanhinha assada),
tudo sumiu num aborto caricato
em que quase sem sangue ou risco de infecção
parteiras clandestinas apararam
no balde da cozinha um feto inexistente:
traindo-se uns aos outros ninguém tinha
(ó machos da porrada e do cacete)
realmente posto o membro na barriga
da pátria em perna aberta e lá deixado
semente que pegasse (o tempo todo
haviam-se exibido eufóricos de nus,
às Africas e às Europas de Oeste e Leste).

A isto se chegou. Foi criminoso?

Nem sequer isso, ou mais do que isso um guião
do filme que as direitas desejavam,
em que como num jogo de xadrez a esquerda
iria dando passo a passo as peças todas.

É tarde e não adianta que se diga ainda
(como antes já se disse) que o povo resistiu
a ser iluminado, esclarecido, e feito
a enfiar contente a roupa já talhada.

Se muita gente reagiu violenta
(com as direitas assoprando as brasas)
é porque as lutas intestinas (termo
extremamente adequado ao caso)
dos esquerdismos competindo o permitiram.

Também não vale a pena que se lave
a roupa suja em público: já houve
suficiente lavar que todavia
(curioso ponto) nunca mostrou inteira
quanta camisa à Salazar ou cueca de Caetano
usada foi por tanto entusiasta,
devotamente adepto de continuar ao sol
(há conversões honestas, sim, ai quantos santos
não foram antes grandes pecadores).

E que fazer agora? Choro e lágrimas?

Meter avestruzmente a cabeça na areia?

Pactuar na supremíssima conversa
de conciliar a casa lusitana,
com todos aos beijinhos e aos abraços?

Ir ao jantar de gala em que o Caetano,
o Spínola, o Vasco, o Otelo e os outros,
hão-de tocar seus copos de champanhe?

Ir já fazendo a mala para exílios?

Ou preparar uma bagagem mínima
para voltar a ser-se clandestino usando
a técnica do mártir (tão trágica porque
permite a demissão de agir-se à luz do mundo,
e de intervir directamente em tudo)?

Mas como é clandestina tanta gente
que toda a gente sabe quem já seja?

Só há uma saída: a confissão
(honesta ou calculada) de que erraram todos,
e o esforço de mostrar ao povo (que
mais assustaram que educaram sempre)
quão tudo perde se vos perde a vós.

Revolução havia que fazer.

Conquistas há que não pode deixar-se
que se dissolvam no ar tecnocratado oportunismo
à espreita de eleições.

Pode bem ser que a esquerda ainda as ganhe,
ou pode ser que as perca. Em qualquer caso,
que ao povo seja dito de uma vez
como nas suas mãos o seu destino está
e não no das sereias bem cantantes
(desde a mais alta antiguidade é conhecido
que essas senhoras são reaccionárias,
com profissão de atrair ao naufrágio o navegante intrépido).

Que a esquerda
nem grite, que está rouca, nem invente
as serenatas para que não tem jeito.

Mas firme avance, e reate os laços rotos
entre ela mesma e o povo (que não é
aqueles milhares de fiéis que se transportam
de camioneta de um lugar pró outro).

Democracia é isso: uma arte do diálogo
mesmo entre surdos. Socialismo à força
em que a democracia se realiza.

Há muito socialismo: a gente sabe,
e quem mais goste de uns que dos outros.

É tarde já para tratar do caso: agora
importa uma só coisa – defender
uma revolução que ainda não houve,
como as conquistas que chegou a haver
(mas ajustando-as francamente à lei
de uma equidade justa, rechaçando
o quanto de loucuras se incitaram
em nome de um poder que ninguém tinha).

E vamos ao que importa: refazer
um Portugal possível em que o povo
realmente mande sem que o só manejem,
e sem que a escravidão volte à socapa
entre a delícia de pagar uma hipoteca
da casa nunca nossa e o prazer
de ter um frigorifico e automóveis dois.

Ah, povo, povo, quanto te enganaram
sonhando os sonhos que desaprenderas!

E quanto te assustaram uns e outros,
com esses sonhos e com o medo deles!

E vós, políticos de ouro de lei ou borra,
guardai no bolso imagens de outras Franças,
ou de Germânias, Rússias, Cubas, outras Chinas,
ou de Estados Unidos que não crêem
que latinada hispânica mereça
mais que caudilhos com contas na Suíça.

Tomai nas vossas mãos o Portugal que tendes
tão dividido entre si mesmo!

Adiante!

Com tacto e com fineza. E com esperança.

E com um perdão que há que pedir ao povo.

E vós, ó militares, para o quartel
(sem que, no entanto, vos deixeis purgar
ao ponto de não serdes o que deveis ser:
garantes de uma ordem democrática
em que a direita não consiga nunca
ditar uma ordem sem democracia).

E tu, canção-mensagem, vai e diz
o que disseste a quem quiser ouvir-te.

E se os puristas da poesia te acusarem
de seres discursiva e não galante
em graças de invenção e de linguagem,
manda-os àquela parte.

Não é tempo para tratar de poéticas agora.

Jorge de Sena, Fevereiro 1976.

Sim, Presidente Edu!

Cartoon Elias - 28 Janeiro 2012

Memória Histórica - 28 Janeiro 2012


DESCRIÇÃO: Neste dia, em 1986, tragédia na exploração espacial. O vaivém Challenger, da NASA, então na sua 10ª missão, tinha acabado de ser lançado no Cabo Canaveral. A 28 de Janeiro de 1909, terminou a administração americana, temporária, na ilha de Cuba. Em 1958, foi registada a patente do design das peças de Lego. Nasceram neste dia Arthur Rubinstein, Ernst Lubitsch, Susana Feitor, António Castilho, Nicolas Sarkozy, Elijah Wood. Em 1984, os Frankie Goes to Hollywood chegaram ao nº 1 do top

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Cartoon Elias - 27 Janeiro 2012

Memória Histórica - 27 Janeiro 2012


DESCRIÇÃO: O dia em que em 1945 o exército soviético libertou o campo de extermínio de Auschwitz, na Polónia. Neste dia, em 1926, o inventor escocês John Baird fez a primeira demonstração pública de um sistema de televisão. Em 1968, foi lançado este "Sitting on the dock of the bay". O tema tinha sido gravado por Otis Redding três dias antes da sua morte, num acidente de aviação.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Realidade Angolana

Facebook Closed

O Facebook do Senhor Silva foi encerrado
pelas bacoradas que aí escrevia.

Cartoon Elias - 26 Janeiro 2012

Memória Histórica - 26 Janeiro 2012


DESCRIÇÃO: Neste dia, em 1905, foi encontrado numa mina do Transval, na África do Sul o maior diamante do mundo. A 26 de Janeiro de 1788, desembarcaram na Austrália, onde é hoje Sydney, os primeiros colonos ingleses. Em 1654, os portugueses conseguiram, após vários anos de guerra, expulsar os holandeses do Recife. Nascidos a 26 de Janeiro. Em 1925, Paul Newman. Em 1963, José Mourinho. Em 1945, Jacqueline du Pré . Em 1969, os Beatles gravaram este "Let it Be" - tema do último álbum da banda.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Política da Pobreza

Estátua - Avenida da Liberdade (Lisboa)

Reformados de Portugal III

Cartoon Elias - 25 Janeiro 2012

Memória Histórica - 25 Janeiro 2012


DESCRIÇÃO: Henrique VIII casou com Ana Bolena e causou a separação da Igreja inglesa face à Igreja romana. A cidade de S. Paulo, no Brasil e a cidade Luanda foram fundadas. O casamento da filha da rainha Vitória ao som da Marcha Nupcial, de Mendelssohn. Idi Amin Dada Oumee tomou poder no Uganda. Nasceram William Somerset Maugham, Virginia Woolf, António Carlos Jobim, António Ramalho Eanes e Eusébio. Morreu Miklos Feher. Mary Martin gravou "My heart belongs to daddy".

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Aníbal Cavaco Silva - Património


Sem palavras.

Grande Entrevista - Reformados em dificuldades


Os portugueses têm finalmente a explicação!

Reformas do Presidente da República Portuguesa - Indignação Popular

Cartoon Elias - 24 Janeiro 2012

Memória Histórica - 24 Janeiro 2012


DESCRIÇÃO: Começa a corrida ao ouro na Califórnia. A Apple lançou o Macintosh. Marilyn Monroe separou-se de Arthur Miller. Um Boeing 707 da Air India caíu nos Alpes. Shoichi Yokoi foi encontrado na ilha de Guam. Rivaldo é futebolista do ano. A Disney comprou a Pixar. Nasceram o imperador romano Adriano, Edith Wharton e Michel Preud'homme. A orquestra de Benny Goodman gravou "Stompin' at the Savoy".

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Cartoon Elias - 23 Janeiro 2012

Memória Histórica - 23 Janeiro 2012


DESCRIÇÃO: Daniel Pearl, repórter do Wall Street Journal, foi raptado no Paquistão. Richard Nixon anunciou que tinha sido feita a paz com o Vietname. A Suécia tornou-se o primeiro país a banir o uso de aerossóis. Nasceram Stendhal, Edouard Manet, Sergei Eisenstein, Django Reinhardt, Jeanne Moreau e João Ubaldo Ribeiro. Mike Oldfield recebeu o disco de ouro por "Tubular Bells".

domingo, 22 de janeiro de 2012

Cobrador de Impostos

¿Por qué no te callas Aníbal?

Memória Histórica - 22 Janeiro 2012


DESCRIÇÃO: Neste dia teve lugar o assalto ao paquete Santa Maria. Diogo Gomes chegou à ilha de S. Vicente. Começou a primeira revolução russa. Cavaco Silva foi eleito Presidente da República portuguesa. Nasceram Francis Bacon, Lord Byron, D. W. Griffith, August Strindberg e Francis Picabia. Morreram Vitória, a rainha inglesa, e Heath Ledger. Nancy Sinatra entrou no top com "These Boots are made for walking".

Cartoon Elias - 21 Janeiro 2012

Memória Histórica - 21 Janeiro 2012


DESCRIÇÃO: Luís XVI morreu guilhotinado, em Paris. Joseph-Ignace Guillotin propôs um novo método de execução: a guilhotina. Edward Jenner fez as primeiras inoculações com a vacina contra a varíola. A família real portuguesa desembarcou na Baía. Nasceram Christian Dior, Plácido Domingo. Amy Winehouse ocupava o nº 1 do top com "Back to Black".

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Cavaco Silva queixou-se da reforma

O Presidente da República Portuguesa, quando confrontado pelos jornalistas sobre os subsídios de férias e de Natal que poderá receber do Banco de Portugal, diz que o que vai receber das suas reformas não será suficiente para cobrir os seus gastos mensais. "Quase de certeza que não vai chegar para pagar as minhas despesas, porque também não recebo vencimento como Presidente da República".

Uma vergonha nacional.
Arrogante, insolente e desonesto intelectual.

...

Veja o artigo de Lília Bernardes no "Diário de Notícias",
27 Janeiro 2011


"Cavaco opta por pensões e evita 10% de corte no salário

Presidente da República abdica do salário enquanto Chefe do Estado, mas opta pelos dez mil euros mensais da reforma.
Aníbal Cavaco Silva decidiu prescindir do seu vencimento enquanto Presidente da República, no valor de 6523 euros - resultado de um corte de 5% em 2010, mais um corte de 10% em 2011, decisão incluída nas medidas de austeridade para a função pública -, para passar a auferir as sua pensões, que totalizam cerca de dez mil euros mensais, 140 mil euros/ano.
A decisão do PR foi anunciada através de um comunicado de apenas três linhas emitido pelo Palácio de Belém e onde se cita "a legislação aprovada pela Assembleia da República". O comunicado referia-se à lei do Orçamento do Estado para 2011, que o obriga à escolha entre o vencimento de PR e a receita mensal das duas pensões, que até aqui podia acumular.
Cavaco optou pelas reformas: uma pensão como reformado do Banco de Portugal e outra da Caixa Geral de Aposentações, por ter sido professor catedrático na Universidade Nova de Lisboa.
Segundo a declaração de rendimentos entregue pelo PR no Tribunal Constitucional, em Dezembro passado, e relativa a 2009, verifica-se que Cavaco Silva recebeu nesse ano 142 375,70 euros por trabalho dependente (Presidência) e 140 601,81 euros de pensões (Banco de Portugal e Universidade Nova). A diferença no vencimento de PR tem a ver com um salário mensal, que antes das medidas de austeridade era de 7630 euros, mais despesas de representação (que podem chegar aos 2962 euros).
À primeira vista, parece que o Chefe do Estado perde receita ao optar pela segunda hipótese, as pensões. Mas não: as reformas, apesar de congeladas, não são objecto de qualquer tipo de redução salarial - no seu caso os 10% previstos para 2011, somados aos 5% de 2010. Ou seja, passou de um vencimento de cerca de 7630 euros brutos para, com o corte de 5%, ganhar 7249 mil euros. Com o novo corte, agora de 10%, o ordenado de Cavaco Silva seria de 6523 euros. Em vez de perder mais de 1100 euros, o PR opta pelas suas pensões, que segundo a Lusa e a sua declaração de rendimentos que o DN consultou, se situa mesmo nos dez mil euros mensais.

Debate que se abre

Com esta decisão, Cavaco resguarda-se ainda de outro de debate: saber qual é a classificação jurídico-administrativa do Banco de Portugal (BdP) depois da entrada no euro. É que o banco central deixou de emitir moeda passando a ser uma entidade reguladora , ou seja, uma entidade administrativa independente abrangida pela lei que proíbe a cumulação de pensões.
O DN sabe que, actualmente, o assunto está em análise na Assembleia da República por causa de Manuela Ferreira Leite (PSD), que teria direito a vencimento de deputada e a pensão do BdP.
Este problema poderia ter sido levantado se Cavaco Silva tivesse optado pelo vencimento de Presidente da República - como é que ficaria a reforma do BdP, uma entidade que sempre foi tratada como entidade jurídica especial?
Quem não tem problemas de maior é Alberto João Jardim. Ao contrário de Cavaco Silva, o presidente do Governo da Madeira, e Miguel Mendonça, presidente da Assembleia Legislativa, vão acumular na totalidade a reforma com o vencimento que recebem como titulares de cargos políticos.
Os dois estão escudados pelo Estatuto Político-Administrativo, que impede "em matéria de vencimentos, subsídios e subvenções, lesar direitos adquiridos"."

Aníbal - O Pensador de Reformas

Sem vergonha.
“Para serem mais honestos do que eu tinham
que nascer duas vezes”

Aníbal Cavaco Silva

Cartoon Elias - 20 Janeiro 2012

Memória Histórica - 20 Janeiro 2012


DESCRIÇÃO: Em 1265 reuniu pela primeira vez o Parlamento inglês. Em 1796 a rainha D. Maria I criou a Real Biblioteca Pública da Corte. Em 2009 Barack Obama tomou posse como 44º Presidente dos Estados Unidos. Nasceram D. Sebastião, André Marie Ampère, Federico Fellini, Buzz Aldrin e David Lynch. Kate Bush lançou Wuthering Heights.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Otelo - Aviso à Navegação

Otelo Saraiva de Carvalho insistiu, que o desagrado popular pode conduzir a um "Golpe de Estado" pelos militares, mas, reconhecendo não haver condições para isso, admite que dependerá dos efeitos da nova "Lei Geral do Trabalho".

Otelo Saraiva de Carvalho manteve o sentido das declarações proferidas em Novembro, que motivaram um inquérito do Ministério Público: "Mesmo em Democracia, quando são ultrapassados determinados limites, as Forças Armadas têm por dever derrubar o Governo, se ele entrou num estado ditatorial, que provoca um sofrimento enorme ao País". (...) "Os limites só podem ser definidos pelo panorama político que se desenrolar, por exemplo, a partir de agora, com a nova "Lei Geral do Trabalho".

Quanto ao teor das suas declarações, que já provocaram polémica por serem entendidas como um apelo ao tumulto, defende que a "Revolução dos Cravos" teve como um dos seus objectivos garantir-lhe precisamente esse direito: "O de poder dizer as alarvidades que eu quiser, porque o que eu digo é a minha opinião e, num país livre, eu não posso ser condenado por expressá-la" e argumenta que "tem direito a tê-la, mesmo que ela seja contrária a todas as outras", realçando: "E a minha opinião é que, para derrubar o poder político, em qualquer país do mundo, os trabalhadores não podem fazê-lo sem recurso à violência, que é algo que a burguesia teme".

Cuidado! Ainda veremos alguns pendurados por aí.

Concertação Social CGTP - Aviso à Navegação

Carvalho da Silva, numa crítica a todos os que assinaram o "Acordo da Concertação Social" - Governo e UGT -, considerou este dia histórico, mas triste por ser um "regresso a concepções de sociedade que abandonamos há décadas".

"[Este dia] é contra o progresso, é contra o desenvolvimento, é contra a dignidade humana, é contra a valorização do trabalho". (...) "O objectivo de desencadear uma reforma profunda na legislação laboral é feito de forma cínica, manhosa e mentirosa, debaixo do título de competitividade, crescimento e emprego".

A Credibilidade do PSD


A Revolução dos Tachos

(clicar imagem)
Marques Mendes aconselha o Governo a "evitar situações de clientelismo", como aconteceu com as nomeações de administradores para as empresas Águas de Portugal e EDP.
"As coisas não correram bem. Acho que o Governo deve evitar situações de clientelismo. Não é bom para ninguém". - Marques Mendes.

Cartoon Elias - 19 Janeiro 2012

Memória Histórica - 19 Janeiro 2012


DESCRIÇÃO: Em 1966 Indira Gandhi tornou-se Primeira-Ministra da Índia. Em 1915 três zeppelins alemães bomdardearam cidades de Inglaterra. Em 1937 Howard Hughes fixou um recorde da aviação. Nasceram James Watt, Edgar Allan Poe, Paul Cézanne e Eugénio de Andrade. Em 1980, os Pretenders lançaram o seu primeiro álbum que incluia o tema «Brass in Pocket».

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Contagem de Tempo

(clicar imagem)

Cartoon Elias - 18 Janeiro 2012

Memória Histórica - 18 Janeiro 2012


DESCRIÇÃO: James Cook desembarcou no Hawai. Começou a conferência de paz de Paris. Em 1934, revolta acesa dos trabalhadores vidreiros da Marinha Grande. Nasceram Charles de Montesquieu, Cary Grant, Maria de Lurdes Pintasilgo, Takeshi Kitano e Philippe Starck. Em 1939, Louis Armstrong grava "Jeepers Creepers".

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Durão Barroso: Que parvo que eu sou!...

(clicar imagem)

Rating de Portugal

(clicar imagem)
"Quando os governos se esgotam, quando os projectos estão cansados, só há uma solução: devolver a palavra aos portugueses. A clarificação deste pântano político a que chegámos só passa pela clarificação política e por dar a voz aos portugueses" - Miguel Relvas.

Cartoon Elias - 17 Janeiro 2012

Memória Histórica - 17 Janeiro 2012


DESCRIÇÃO: Apareceu pela primeira vez Popeye, o Marinheiro. Os portugueses chegaram à ilha de Santo Antão. Simón Bolívar proclamou a república da Grã-Colômbia. As forças do exército soviético conseguiram capturar Varsóvia. Nasceram Calderón de la Barca, Benjamin Franklin, Jim Carrey e Michelle Obama. Os Led Zeppelin lançaram o seu primeiro álbum.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Pedrito das farófias

O Pedrito quer esclarecer o uso do avental e pede a palavra: "Para que os portugueses não venham a saber por outras pessoas, quero aqui dizer que também uso avental. Quero, no entanto, deixar claro que só o uso quando estou na cozinha de volta das farófias, pelo que é falsa qualquer tentativa de me colar à maçonaria. O meu único lóbi é a doçaria e essa não faz mal a ninguém, desde que se coma com moderação e se faça exercício físico".

Esperemos que um dos "Filhos da Viúva" esclareça se o Pedrito é o cozinheiro oficial de farófias do "Templo".

Cartoon Elias - 16 Janeiro 2012

Memória Histórica - 16 Janeiro 2012


DESCRIÇÃO: Neste dia, em 1605 veio ao mundo a primeira parte de D. Quixote. Entrou em vigor nos Estados Unidos a Lei Seca. Começou a Operação Tempestade no Deserto. Nasceram Jô Soares, John Carpenter e Kate Moss. George Michael lançou «Faith».

domingo, 15 de janeiro de 2012

Ao Excelentíssimo Senhor Ministro...



Ao Excelentíssimo Senhor Ministro da Agricultura

Exposição


Porque julgamos digna de registo
a nossa exposição, Senhor Ministro,
erguemos até vós, humildemente,
uma toada uníssona e plangente
em que evitámos o menor deslize
e em que damos razão da nossa crise.

Senhor, em vão esta província inteira,
desmoita, lavra, atalha a sementeira,
suando até à fralda da camisa.

Mas falta a matéria orgânica precisa
na terra, que é delgada e sempre fraca.
A matéria, em questão, chama-se caca.

Precisamos de merda, Senhor Soisa!…
E nunca precisámos de outra coisa.

Se os membros desse ilustre Ministério
querem tomar o nosso caso bem a sério,
se é nobre o sentimento que os anima,
mandem cagar-nos toda a gente em cima
dos maninhos torrões de cada herdade.

E mijem-nos, também, por caridade!

O Senhor Oliveira Salazar
quando tiver vontade de cagar
venha até nós!

Solícito, calado,
busque um terreno que estiver lavrado,
deite as calças abaixo com sossego,
ajeite o cú bem apontado ao rego,
e como Presidente do Conselho,
queira espremer-se até ficar vermelho!

A Nação confiou-lhe os seus destinos?…

Então, comprima, aperte os intestinos.
E... se lhe escapar um traque, não se importe...
quem sabe se o cheirá-lo nos dará sorte!

Quantos porão as suas esperanças
num traque do Ministro das Finanças…

É que também, quem vive aflito e sem recursos,
já não distingue os traques dos discursos...

Não precisa falar! Tenha a certeza
que a nossa maior fonte de riqueza,
desde as grandes herdades às courelas,
provém da merda que juntarmos nelas.

Precisamos de merda, Senhor Soisa!…
e nunca precisámos de outra coisa.

Adubos de potassa?… Cal?… Azote?…
Tragam-nos merda pura, do bispote!

E todos os penicos portugueses
durante, pelo menos uns seis meses,
sobre o montado, sobre a terra campa,
continuamente nos despejem trampa!

Ah! Terras alentejanas, terras nuas,
desespero de arados e charruas,
quem as compra ou arrenda ou quem as herda
sente a paixão nostálgica da merda…

Precisamos de merda, Senhor Soisa!…
E nunca precisámos de outra coisa.

Ah!… Merda grossa e fina! Merda boa
das inúteis retretes de Lisboa!…
Como é triste saber que todos vós
Andais cagando sem pensar em nós!

Se querem fomentar a agricultura
mandem vir muita gente com soltura.
Nós daremos o trigo em larga escala,
pois até nos faz conta a merda rala.

Venham todas as merdas à vontade,
não faremos questão da qualidade.

Formas normais ou formas esquisitas!
E, desde o cagalhão às caganitas,
desde a pequena poia à grande bosta,
de tudo o que vier, a gente gosta.

Precisamos de merda, Senhor Soisa!…
E nunca precisámos de outra coisa.


...
Texto de João Vasconcelos e Sá, lido durante um jantar, no Carnaval de 1934, na presença do Ministro da Agricultura do Governo de Salazar, Leovigildo Queimado Franco de Sousa.

Memória Histórica - 15 Janeiro 2012


DESCRIÇÃO: O Comadante Chesley Sullenberger salva a vida dos 150 passageiros e da tripulação do voo 1549 da US Airways. Em 2001, foi lançada a Wikipedia. Assinado o Acordo de Alvor. Abriu ao público o Museu Britânico. Nasceram a 15 de Janeiro D. Afonso V., Molière, Pierre-Joseph Proudhon, Aristóteles Onassis e Martin Luther King. Neste dia, em 1977, David Bowie lançou o álbum "Low".

sábado, 14 de janeiro de 2012

Portugal - Zona de Lixo Político

O "Pedrito de Portugal" está muito ofendido e lamenta a decisão da Standard & Poor's de cortar o "rating" de Portugal de "BBB" para "BB".
Na conquista do "Bote", criticou o anterior Governo e iludiu os portugueses que Portugal saberia ultrapassar todas as difilcudades com as suas sábias medidas.
Não serve. Lixo!

Cartoon Elias - 14 Janeiro 2012

Memória Histórica - 14 Janeiro 2012


DESCRIÇÃO: Os líderes dos países aliados da II Guerra Mundial reuniram-se em Casablanca. Portugueses e espanhóis defrontaram-se na batalha das Linhas de Elvas. Em 1900, estreou a Tosca. A sonda Cassini-Huygens aterrou em Titã. Nascidos a 14 de Janeiro: D. Catarina de Áustria, Manuel Gomes da Costa, Steven Soderbergh e Emily Watson. Little Richard com "Tutti Frutti".

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Tetas de Portugal

Portugal - Aumento de Exportações 2012

(clicar imagem)
O Ministro da Economia e Emprego Álvaro Santos Pereira diz que vai impulsionar a exportação dos "Pasteis de Belém" em 2012.
Esperamos que não se esqueça também das "Queijadas de Sintra" e do "Bolo Rei" para alcançarmos os 3% nas exportações.

Memória Histórica - 13 Janeiro 2012


DESCRIÇÃO: D. João V de Portugal e o rei espanhol D. Fernando VI assinaram o Tratado de Madrid. Em 1910, a rádio transmitiu ópera pela primeira vez. Mahatma Gandhi iniciou o último dos seus jejuns de protesto. Os Beatles começaram a "invasão" dos Estados Unidos. O terramoto que assolou El Salvador. Nasceu Orlando Bloom. Morreu Bartolomeu de Gusmão. Bob Dylan lançou o seu "The Times the are A-Changin".

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Placas Toponímicas

Largo Eng. José Sócrates - Porto

Em Dezembro passado, as intervenções deste artista - que se mantem no anonimato - chamaram a atenção da comunicação social, quando colocou uma placa provocatória com o nome de José Sócrates (entretanto retirada pela autarquia) no Largo Mompilher, no Porto.

Na placa toponímica pode ler-se "Eng. José Sócrates (Mentiroso, Corrupto, Incompetente, Primeiro.inistro de Portugal 2005-2011)".

Rua Isaltino Morais - Oeiras

Desta vez, o mesmo artista - que se mantém no anonimato - deu o nome de Isaltino Morais a uma rua de Oeiras.

Na placa toponímica pode ler-se "Rua Isaltino Morais (Corrupto, Criminoso, Político)".

Cartoon Elias - 11 Janeiro 2012

Memória Histórica - 11 Janeiro 2012


DESCRIÇÃO: O ultimato de Inglaterra a Portugal. Erupção violenta do Etna. Descoberta das primeiras duas luas de Urano. Nasceram Al Berto, Oswald de Andrade e Domenico Ghirlandaio. Os Pet Shop Boys cantam "West End Girls".

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Cartoon Elias - 10 Janeiro 2012

Memória Histórica - 10 Janeiro 2012


DESCRIÇÃO: A publicação da primeira história de Tintim. Júlio César e a travessia do rio Rubicão. A fundação do Partido Socialista Português. Estreia do filme "Metropolis". Nasceram Eduardo Chillida, Rod Stewart e Linda Lovelace. Aretha Franklin canta "Chain of Fools".

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Caos na Europa

(clicar imagem)
Caos na Europa: A União Europeia confronta-se com a hora da verdade.

Memória Histórica - 09 Janeiro 2012


DESCRIÇÃO: O primeiro circo moderno. O processo de Joana d'Arc. O início do Processo de Independência do Brasil. Nasceram Luísa Todi, Simone de Beauvoir, Richard Nixon, João Cabral de Melo Neto, Joan Baez. Os Scissor Sisters cantam "Filthy - Gorgeous".

Memória Histórica - 08 Janeiro 2012


DESCRIÇÃO: Charles de Gaulle torna-se Presidente da República francesa. A bula "Romanus Pontifex". O aparelho de processamento de dados de Herman Hollerith. Bobby Fischer torna-se campeão de xadrez dos EUA aos 14 anos. Nasceram Alfred Russell Wallace, Elvis Presley, Stephen Hawking, David Bowie. Morreu o pintor Giotto. Melanie canta "Brand New Key".